Rafael Vaz vira atacante e garante a invencibilidade e classificação do Vasco

Zagueiro fez o gol de empate com o CRB, pela Copa do Brasil

Por O Dia

Rio - Rafael Vaz mostrou, mais uma vez, que tem estrela e que brilha até como centroavante. Isso mesmo! O zagueiro entrou no lugar de Thalles, no segundo tempo, e fez o gol de empate do Vasco no duelo com o CRB, nesta quarta-feira, em São Januário: 1 a 1, e garantiu a invencibilidade (agora são 28 jogos sem perder) e a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil.

Rafael Vaz, como centroavante, fez o gol da classificação do VascoAlexandre Brum / Agência O Dia

Sem Riascos, que voltou para o Cruzeiro, Jorginho apostou em Thalles. Porém, a surpresa foi quando lançou Rafael Vaz como centroavante. O CRB vencia por 1 a 0 e, àquela altura, levava a decisão da vaga para os pênaltis. A estrela de ambos brilhou. O zagueiro e agora atacante decidiu. Na próxima fase, o Vasco vai enfrentar o Santa Cruz (as datas ainda não foram divulgadas). No sábado, tem compromisso pela Série B e recebe o Tupi em São Januário.

FOTOGALERIA! Rafael Vaz brilha como atacante e garante classificação do Vasco

O Vasco não jogou bem. O CRB abriu o placar e era perigoso nos contra-ataques. Porém, a estrela de Rafael Vaz, autor do gol do título carioca, brilhou mais uma vez.

O jogo

O Vasco tinha maior posse de bola. Porém, a primeira chance clara foi do CRB. Neto Baiano surgiu nas costas de Luan, mas chutou para fora, com perigo. O campeão alagoano era mais perigoso. Martín Silva espalmou chute de Gerson Magrão. O Gigante da Colina finalmente levou perigo. Em trama pela direita, Nenê tocou para Bruno Ferreira. O cruzamento foi na medida para Yago Pikachu, mas ele, livre dentro da área, chutou por cima.

O CRB deu o bote e conseguiu abrir o placar. Diego, lateral-esquerdo ex-Vasco, cobrou falta com perfeição, no ângulo de Martín Silva, e fez 1 a 0. A chance de ampliar caiu nos pés de Luidy. Ele se livrou de Bruno Ferreira, mas, ao tentar driblar Martín Silva, o goleiro fez o desarme e salvou o Vasco.

O Gigante da Colina voltou para o segundo tempo com Eder Luis no lugar de Bruno Ferreira. Desta forma, Pikachu foi deslocado para a lateral direita. O empate quase aconteceu com Thalles, substituto de Riascos, que voltou para o Cruzeiro. Diego salvou o CRB. O time alagoano buscava o contra-ataque. Numa das investidas, Martín Silva apareceu e espalmou chute da entrada da área.

O Vasco partiu para o tudo ou nada. Jorginho colocou Evander no lugar de Marcelo Mattos. O jovem quase empatou. Porém, Juliano espalmou o chute da entrada da área. A terceira alteração vascaína foi surpreendente: Rafael Vaz no lugar de Thalles. O zagueiro atuou de centroavante. Deu certo. Rafael Vaz, já nos acréscimos, fez o gol de empate e da classificação para a terceira fase.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1X1 CRB

Estádio: São Januário
Público e renda: 2.415 pagantes/ 2.614 presentes/ R$ 57.330,00
Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto
Gols: Diego (CRB, aos 28' do 1ºT) e Rafael Vaz (Vasco, aos 46' do 2ºT)
Cartão amarelo: Olívio, Neto Baiano, Rivaldo e Juliano (CRB) e Marcelo Mattos (Vasco)
Cartão vermelho: - 

VASCO: Martín Silva; Bruno Ferreira (Eder Luis, no intervalo), Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Evander, aos 21' do 2ºT), Yago Pikachu, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Thalles (Rafael Vaz, aos 34' do 2ºT); Técnico: Jorginho.

CRB: Juliano; Bocão, Audálio, Diego Jussani e Diego; Olívio, Rivaldo (Dakson, aos 48' do 2ºT), Matheus Galdezani (Wigor, aos 34' do 2ºT), Luidy (Rodolfo, aos 30' do 2ºT) e Gerson Magrão; Neto Baiano; Técnico: Mazola Júnior.