Sem Jorginho, Vasco será comandado por Zinho neste sábado contra o Brasil

Auxiliar dirige time contra Brasil e tem total apoio do técnico suspenso

Por O Dia

Rio - No Vasco, é impossível ver o trabalho de um sem o outro por perto. Dupla entrosada desde os tempos de jogadores de base do maior rival, Jorginho e Zinho começaram a trabalhar juntos ano passado e, desde então, são inseparáveis. Mas hoje, contra o Brasil de Pelotas, pela Série B do Brasileiro, às 18h30, apenas Zinho ficará na área técnica, em São Januário, onde comandará o time pela primeira vez.

Com Jorginho suspenso pela expulsão contra o Avaí, o auxiliar-técnico voltará a comandar uma equipe, o que não fazia há cinco anos. Técnico do Miami de 2007 a 2010, Zinho se arriscou como cartola e virou diretor executivo do Nova Iguaçu, até acumular a função de treinador no fim do Carioca de 2011.

Zinho vai comandar o Vasco neste sábadoCarlos Gregório Jr / Vasco.com.br / Divulgação

Foram suas únicas experiências. Depois, Zinho voltou a ser diretor de futebol do Flamengo (2012) e gerente no Santos (2013). Mas a saudade de estar mais perto do campo o fez aceitar o convite de virar auxiliar de Jorginho.

Hoje, ele terá a primeira experiência em um grande clube, justamente em um momento de pressão — o Vasco vem de duas derrotas seguidas —, com a promessa de que terá liberdade para tomar decisões por conta própria.

“Zinho é treinador e está como auxiliar. Não vamos usar nenhum tipo de comunicação, não quero. Vamos conversar antes sobre todas as possibilidades”, explicou Jorginho, que acompanhará o jogo de uma cabine.

“Zinho é muito moderado, é um campeão. Ele é quem mais ganhou títulos de todos nós. Ouço muito o que diz. A palavra final é minha, mas ele tem importância igual na construção desse trabalho”, completou Jorginho.

Para os jogadores, a mudança no comando não será grande. “É como se fosse dois em um. Eles são íntimos e passam isso para a gente. Trabalhamos muito tanto com um quanto com o outro. A comunicação é a mesma”, disse Jordi.

A parceria tem dado tão certo que Zinho não busca carreira solo. Por enquanto. “Conversamos e vamos caminhar juntos, podemos dar grandes voos”, disse Jorginho.

CAIO MONTEIRO DEVE GANHAR CHANCE

Para a partida de hoje, o Vasco terá mudanças, testadas durante a semana livre de treinos. Luan volta à zaga no lugar de Aislan e Thalles substituirá Leandrão, suspenso com o terceiro cartão amarelo. E o time terá mais novidades.

Caio Monteiro, que jogou bem contra o Avaí, pode ganhar uma vaga no lugar de Julio dos Santos. Jorginho fechou os últimos treinos, mas o atacante foi testado na direita.

Na esquerda, Jorge Henrique está com amigdalite e, segundo a Rádio Tupi, o lateral Henrique foi improvisado no setor. Sem Leandro Damião, o Vasco segue à procura de um atacante. Gilberto foi sondado, mas ainda não houve avanço.