Vasco

Zé Ricardo lamenta erros em bola parada, mas mantém Vasco na briga pelo G7

Time ainda não havia sofrido gols dessa maneira desde a chegada do atual treinador e tomou dois do Atlético-PR

Rio - A derrota deste domingo para o Atlético Paranaense, em Curitiba, por 3 a 1, pode ser considerada a pior partida do Vasco desde que Zé Ricardo assumiu o clube, há 3 meses. Além de ter perdido a invencibilidade que durava 11 jogos e ter desperdiçado uma nova chance de entrar no G7, o Cruzmaltino ainda ganhou novo rival na briga por uma vaga na Libertadores do ano que vem: o Atlético Mineiro, ultrapassou o time na tabela e agora é o 8º colocado.

Zé Ricardo lamentou a desatenção na bola parada defensiva, que definiu o resultado da partida Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O técnico vascaíno concordou com o resultado do jogo e lamentou os erros de posicionamento do time nas bolas paradas defensivas. "Levamos gols de bola parada, o que não havia acontecido desde que assumi o comando do clube. Sabíamos que essa era uma arma forte do Atlético, mas erramos e fomos punidos. Lamentamos, mas quando não temos performance, fica difícil conseguir o resultado, principalmente em um campo propício para o jogo veloz do Atlético", afirmou o treinador.

Para Zé Ricardo, a meta de chegar ao grupo dos classificados para a competição continental ainda está viva. "Ainda dependemos de nós na luta pela Libertadores. Hoje perdemos uma posição, pela primeira vez demos um passo para trás, mas ainda não tem nada perdido, ainda continuamos na briga. Logicamente que ficamos chateados pela performance, pelo resultado, mas restam dois jogos e o torcedor pode ter certeza que iremos lutar até o fim, enquanto tiver possibilidade, seguiremos acreditando", garante o comandante vascaíno.

Faltando duas rodadas para o fim do Brasileiro, o Vasco está na 9ª colocação, com 50 pontos, mesma pontuação do Galo, que tem melhor saldo de gols. O Botafogo, em 7º, tem 52. O Cruzmaltino tenta se recuperar no próximo domingo, contra o Cruzeiro, em Minas Gerais, e encerra a sua participação contra a Ponte Preta, daqui a duas semanas, em casa.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie