Imóveis & Casa

Imóveis: feirão na Zona Oeste

Feirão inédito evidencia novo aquecimento do mercado imobiliário em Campo Grande

Rio - Apartamentos, casas, salas comerciais e terrenos. Seja qual for a necessidade, a chance de fechar negócio pode estar no 1º Feirão de Imóveis da Zona Oeste, que vai acontecer de 6 a 8 de outubro no West Shopping, em Campo Grande. Serão mais de 2 mil unidades, a partir de R$ 119 mil. A maioria delas é pelo 'Minha Casa Minha Vida', com subsídios de até R$ 47.500, dependendo da renda familiar. Também é possível utilizar o FGTS para dar entrada. E quem fizer o pré-cadastro pelo www.feiraozonaoeste.com.br e estiver com toda a documentação (RG, CPF e comprovantes de residência e de renda) nos dias do evento terá prioridade no atendimento.

Serão mais de 2 mil unidades colocadas à venda em evento no West Shopping Divulgação

Participam do feirão as construtoras Ecia, Pró-lotes, DC4 e Sertenge, além da Mais Consultoria Imobiliária, organizadora do evento. "Fomos surpreendidos pelo volume de clientes que estão nos procurando através das redes sociais e do site do evento, querendo confirmar presença. Tínhamos inicialmente a expectativa de dois mil atendimentos nos três dias de feirão. Mas, devido à boa aceitação da campanha, acreditamos que esse número tende a crescer", avalia André Barros, diretor da Mais Consultoria.

Fellipe Pedro, diretor da Minha Comunicação, agência de publicidade responsável pela campanha do evento, afirma que o mercado já dá sinais de aquecimento. "Comparando com os últimos 12 meses, estamos desenvolvendo mais campanhas de mercado imobiliário atualmente, o que mostra que o setor está aquecendo", comemora Fellipe.

André Barros, da Mais Consultoria, adianta que nos dias do feirão haverá analistas de crédito para que o cliente possa escolher o imóvel, assinar contrato e aprovar o financiamento junto ao banco na hora. "Essa será uma grande facilidade. Além dela, as construtoras estarão praticando descontos agressivos. Umas com entrada zero, outra com parcelamento da entrada em 24 vezes sem juros, e temos até uma que aceitará carro com forma de pagamento. Outra vantagem para o cliente é que os diretores dessas empresas estarão junto comigo no feirão para não perder negocio", afirma Barros.

Empreendimento da DC4 conta com lazer completo e segurança. Essa é uma das ofertas do 1º Feirão de Imóveis da Zona Oeste Divulgação

A Ecia oferece terrenos legalizados com preços a partir de R$ 119 mil. Também há salas comerciais prontas no West Offices (a partir de R$ 180 mil) e casas prontas para morar no Residencial Silvestre (a partir de R$ 285 mil).

A Pró-Lotes oferece 57 lotes legalizados no Morada do Bosque. Preços a partir de R$ 119 mil, com 10% de entrada e financiamento direto com a construtora. O empreendimento terá lazer completo e segurança. As obras já iniciaram e a entrega está prevista para março de 2018.

A DC4 está lançando a segunda fase do Villagio Silvestre, também em Campo Grande. São 100 unidades com preços a partir de R$ 151 mil. Já a Sertenge oferece 250 unidades do empreendimento Residencial Olympia Park, com preços a partir de R$ 220 mil.

Serviço

A primeira edição do Feirão de Imóveis da Zona Oeste será entre 6 e 8 de outubro

Onde ir

Local: Estacionamento do West Shopping. Estrada do Mendanha 555, Campo Grande, das 10h às 22h. A entrada será gratuita

Para pré-cadastro

www.feiraozonaoeste.com.br

www.facebook.com/FeiraoZonaOeste

O que levar

RG, CPF, Comprovante de residência, Comprovante de renda. Autônomo: extrato bancário (últimos seis meses) ou Imposto de Renda

Anote

No programa habitacional 'Minha Casa Minha Vida', os juros variam de 5% a 9,16% ao ano mais Taxa Referencial (TR). O sistema de amortização é constante, ou seja, a prestação começa maior e vai caindo ao longo do contrato, que pode chegar a 30 anos.

Prestação

O valor da prestação do financiamento é menor do que o aluguel na região onde o empreendimento está sendo construído. O valor do imóvel não pode ultrapassar R$ 240 mil.

Balanço

O programa 'Minha Casa Minha Vida' já beneficiou cerca de 12,3 milhões de pessoas em todas as faixas, com a entrega de mais de três milhões de moradias em todo o país, segundo balanço feito pela Caixa Econômica Federal, responsável pelo programa habitacional do governo. Para este ano, a meta é liberar recursos para mais 600 mil unidades no país.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie