Imóveis & Casa

Novembro de ofertas

Lançamentos e promoções aquecem o mercado imobiliário do Rio

Rio - Iniciar 2018 de casa nova ou comprar um imóvel na planta pode ser realidade para quem pretende investir nesta reta de final de ano. Vale lembrar que neste mês começa a ser paga a primeira parcela do décimo terceiro salário e o montante pode ser usado para dar entrada na compra do bem. Os interessados podem aproveitar o período de lançamentos e campanhas promovidos por construtoras do Rio, com imóveis para todos os perfis e bolsos, em vários bairros.

Opções de empreendimentos com condições especiais das construtoras Avanço, Calçada, Concal e Even Divulgação

Neste final de semana, a Avanço Realizações Imobiliárias está lançando o Now Vista Alegre, com 52 unidades entre apartamentos de dois e três quartos e coberturas dúplex de dois e três quartos com até duas suítes. De acordo com o diretor da empresa, Sanderson Fernandes, todas as unidades serão entregues com fechadura biométrica na porta de acesso e os primeiros 20 apartamentos vendidos serão contemplados com armários nos quartos, nos banheiros e na cozinha. A Calçada promove também neste final de semana a campanha Casa Mais Carro. Entre as facilidades estão utilização do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para compra, taxa de financiamento de 9,2% ao ano e carro como parte do pagamento (avaliação de até 90% da tabela FIPE). Além disso, quem fechar negócio durante a campanha ganha um Renault Kwit Zero KM. As oportunidades para morar estão no Engenho de Dentro, Campinho, Penha, Grande Tijuca e Grande Méier. São apartamentos e coberturas de dois e três quartos, prontos e com lazer completo.

Já a campanha Even Day é somente hoje e oferece descontos que podem chegar a 50%. Os preços menores valem para imóveis residenciais e comerciais, em bairros como Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Freguesia, Centro, Campo Grande, Cachambi, Botafogo e Tijuca. A ação da Even também tem oportunidades em lançamentos como o Trend Up Norte, no Cachambi, com preços abaixo de R$ 300 mil. "Os interessados podem fazer sua proposta, ajustar seu fluxo de pagamento e fechar negócio no próprio local. Temos opções pra todos os públicos, em diversos pontos do Rio de Janeiro. Estamos em um momento onde o comprador terá a chance de negociar de acordo com as suas condições, já que a maioria dos imóveis já estão prontos", afirma Bruno Ghiggino, diretor da Even.

Primeira parcela do décimo terceiro salário e o montante pode ser usado para dar entrada na compra do imóvel Divulgação

Lançamento na Tijuca

No dia 25 de novembro, a Concal, em parceria com a Monteiro Aranha e com a San Marco, vai lançar o Reserva do Conde Residencial Club, na Tijuca. No total serão 120 unidades, entre apartamentos de dois quartos com suíte (uma vaga) e apartamentos de três quartos com suíte (duas vagas), além de lazer completo e segurança 24 horas. "Pensamos em cada detalhe do projeto e no que poderíamos enxugar os custos durante a construção para que o comprador possa pagar um valor justo pelo imóvel e ainda ter a manutenção do condomínio sem pesar tanto no orçamento das famílias. A entrada será de apenas 7% e durante a obra será necessário pagar 30%. O restante poderá ser financiado pelo banco quando o empreendimento estiver pronto. Na Tijuca, já contamos com oito condomínios e todos tiveram sucesso de vendas", explica José Conde Caldas, presidente da Concal.

Teste antes de comprar

Na Gafisa, a ação para cativar o cliente funciona como um "test home". O interessado tem a chance de morar em um apartamento da construtora durante um ano até decidir pela compra. Caso a decisão seja positiva, o cliente terá todo o valor de aluguel pago durante o ano descontado no valor da compra, transformando o aluguel em uma poupança. A campanha inclui unidades de dois e três quartos do residencial Today, na Freguesia (Jacarepaguá), que tem preço médio de aluguel mensal em torno de R$ 3 mil. Com isso, os descontos na compra da unidade podem chegar a R$ 36 mil no valor da entrada. "É como se a família tivesse trocando o aluguel por um investimento. Muita gente diz que o aluguel é perda de dinheiro. Por isso, a nossa iniciativa promove um investimento nesse gasto mensal que eles já teriam de qualquer forma, revertendo em desconto na hora da compra. Além disso, a decisão de compra do imóvel, que é sempre difícil, fica muito mais assertiva, já que a família terá um ano para testar e decidir", comenta Lucas Tarabori, diretor de Vendas e Marketing da Gafisa.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie