Corpo de ex-deputado Plínio de Arruda Sampaio é velado em São Paulo

Candidato à presidência em 2010 pelo PSOL, Plínio estava internado desde junho por conta de um câncer ósseo e faleceu na tarde desta terça-feira

Por O Dia

São Paulo - O corpo do ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio é velado na Igreja dos Dominicanos, em Perdizes, Zona Oeste de São Paulo, na manhã desta quarta-feira. Ele morreu nesta terça, aos 83 anos, em decorrência da falência de vários órgãos. O enterro deve acontecer à tarde, no Cemitério do Araçá.

Plínio foi candidato à presidência da República em 2010, pelo PSOL, e ficou em quarto lugar, com 886 mil votos. O ex-deputado federal estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Sírio-Libanês, na região central da capital paulista, desde junho, aonde fazia um tratamento contra um câncer ósseo.

Plínio foi o quarto colocado no pleito que elegeu Dilma Rousseff presidente do paísReprodução Internet

Formado em Direto pela USP (Universidade de São Paulo), Plínio ficou nacionalmente conhecido quando concorreu com Dilma Roussef pela presidência em 2010. Eleito deputado federal pela primeira vez em 1962, pelo Partido Democrata Cristão (PDC), ele assumiu o cargo em três ocasiões — a última, em 1991 — e fez parte de três legendas antes de entrar para o PSOL, em 2005 (além do PDC), MDB entre 1976 e 1978 e PT entre 1980 e 2005.

Atualmente, era presidente de honra da Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA), ONG fundada em 1967 dedicada à causa da reforma agrária no país.

Últimas de _legado_Brasil