Mister Plus Size Rio luta para manter 115kg de forma saudável

Ele disputa título mundial ano que vem, na Argentina

Por O Dia

Rio - Equanto uns estão em busca do corpo perfeito, Luciano Francisco da Silva, de 27 anos, luta para manter o manequim 48. Com 115kg e 1,84m de altura, o Mister Plus Size Rio de Janeiro e Mercosul garante que é saudável e já se prepara para concorrer ao título mundial, a ser disputado ano que vem, na Argentina.

Luciano da Silva com a faixa de Mister Plus Size%3A ele vai à Argentina disputar título mundial da categoriaErnesto Carriço / Agência O Dia

A motivação de Luciano, que trabalha como assistente de marketing, para entrar no mundo da moda dos homens acima do peso veio após uma frustração com a namorada. “Ela disse que não me apresentaria à família dela porque me chamariam de gordo”, confidenciou Luciano, que quase entrou em depressão. “Fiquei mal, mas decidi me assumir. Passei a cuidar da pele, do cabelo e a me vestir melhor. Hoje ela sente orgulho de mim”, completou o modelo.

Contra dietas, mas a favor da reeducação alimentar, Luciano recebe acompanhamento mensal com endocrinologista. “Tenho uma alimentação regrada, mas me permito guloseimas”, revelou o jovem, que está em dia com os exames: “Acompanho com frequência as taxas sanguíneas”.

Seguir os padrões de obesidade gera controvérsias nos profissionais de saúde. A nutricionista Márcia Fraga alega que não há vida saudável para uma pessoa acima do peso. “Uma hora o organismo não vai mais suportar o excesso de peso”, alertou.

Pioneiro na formação de modelos plus size no país, o produtor Eduardo Araújo defende a categoria como geradora de oportunidade. “Não é um movimento a favor da obesidade e sim da autoestima. O concurso enaltece a beleza. Não é para ficar gordo a vida inteira, mas sim buscar uma vida saudável”, explicou.

Terapia para evitar a depressão

?Modelos masculinos plus size ainda são artigo raro no Rio. Além de Luciano, o representante mais notável no estado é o decorador de festas, Márcio Valadares, 40, morador da Zona Norte. “Estamos abrindo portas para outros homens perderem a vergonha e se gostarem mais”, contou Márcio, que também veste 48 e pesa 115kg. Neste ano, ele tirou o segundo lugar em um concurso virtual da categoria.

Um levantamento feito no país, ano passado, apontou que 51% da população maior de 18 anos está acima do peso ideal. O índice aumentou em comparação com a última pesquisa, em 2006, quando 43% dos brasileiros eram obesos. Para o psicólogo Paulo Coletty, estar fora dos padrões da sociedade pode causar malefícios. “Para essas pessoas, é fundamental o acompanhamento psicológico para evitar a depressão”.

Últimas de Rio De Janeiro