Bares e restaurantes são obrigados a servir água de graça para clientes

Os estabelecimentos terão que exibir cartazes que informem a obrigatoriedade e a gratuidade

Por O Dia

Rio - Um copo d’água não se nega a ninguém — até porque, a partir de agora, a recusa renderá multa de R$ 542. O governador Pezão sancionou projeto de lei do deputado André Ceciliano (PT) que obriga bares, restaurantes e similares a servir água filtrada e gratuita aos seus clientes. A proposta havia sido aprovada em junho pela Assembleia Legislativa.

Em 1995, o então governador Marcello Alencar tentou garantir água filtrada para fregueses de bares e restaurantes. Mas a lei que sancionou não previa gratuidade nem punições.

Cartazes

Os estabelecimentos terão que exibir cartazes que informem a obrigatoriedade e a gratuidade da água filtrada.

É governo

Deputado federal, Indio da Costa (PSD) ironiza a afirmação de Eduardo Cunha, presidente da Câmara, de que o PMDB não quer ser “sócio dos 7%”, referência ao percentual de popularidade de Dilma Rousseff. “O PMDB não é da base, é governo, tem a vice-presidência”, ressalta.

De bico torto

Alguns integrantes do PSDB resistem à ida da deputada Clarissa Garotinho para o partido. Temem que a boa votação dela não compense um eventual desgaste pela associação dos tucanos à família Garotinho.

O futuro dos bichos

Empresa que integra o consórcio que opera o Trem do Corcovado, a Cataratas do Iguaçu venceu a seleção da prefeitura para elaborar o novo projeto de gestão do zoológico.

Briga petista

Presidente do PT-RJ, Washington Quaquá arrumou outro problema com o deputado Zaqueu Teixeira ao decidir apoiar o candidato que o prefeito de Queimados, Max Lemos, escolher para sucedê-lo. Zaqueu quer disputar o cargo.

Últimas de Rio De Janeiro