Rio

Indio da Costa desmata área para construir mansão

Candidato é alvo do Ministério Público

Rio - Candidato do PSD à Prefeitura do Rio, o deputado federal Indio da Costa virou alvo do Ministério Público por desmatamento de área onde constrói uma casa de R$ 8 milhões. Ex-secretário estadual de Meio Ambiente, Indio negocia um acordo com promotores para compensar a derrubada de árvores no terreno de 1,8 mil metros quadrados no Jardim Botânico. O caso foi revelado pela revista ‘Veja’.

Mansão de Indio é construída em área devastada, no Jardim Botânico Divulgação

Em entrevista ontem ao ‘RJTV’, Indio repassou a responsabilidade pelo desmatamento à empresa a cargo do levantamento topográfico do terreno. Nas últimas semanas, o candidato e o MP vêm negociando um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o que evitaria uma ação judicial. Mas Indio não concordou com o tamanho da área a ser reflorestada proposta pelo MP.

"Estou propondo replantar uma área dez vezes maior. Ainda estou negociando com o MP, mas 28 mil metros quadrados seriam quase 16 vezes a área, nunca vi uma compensação ambiental dessa proporção”, disse o candidato, que quer replantar em 18 mil metros quadrados.

Se o deputado não concordar com a proposta do MP, será alvo de uma ação civil pública. O caso envolvendo o desmatamento data de 2011, quando Indio comprou três lotes numa rua no alto do Jardim Botânico para erguer uma casa, para onde pretende se mudar assim que concluir a construção. 

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        teste
        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie