Rio

Agente da CET-Rio é baleado quando fazia ronda de moto na Zona Oeste

Segundo informações, criminosos faziam arrastão na Avenida Brasil, em Santíssimo, e o motoqueiro teria sido confundido com a polícia

Rio - Um inspetor da CET-Rio que fazia ronda de moto em Santíssimo, na Zona Oeste da cidade, foi baleado por criminosos que praticavam assaltos no viaduto da região, na manhã desta sexta-feira. Segundo as primeiras informações, ele foi confundido com a polícia quando parou para ajudar o ônibus que era alvo dos criminosos, achando que o veículo estava com algum problema mecânico. O veículo fretado para levar funcionários da Fundação Oswaldo Cruz era alvo de assalto dos bandidos, que já haviam roubado pelo menos quatro motoristas na via.

Ônibus assaltado e atingido por bandidos em Santíssimo. Inspetor da CET-Rio e motorista do veículo que levava passageiros da Fiocruz foram baleados Onde Tem Tiroteio / Facebook

O diretor de operações da CET-Rio, Joaquim Dinis, confirmou que o agente foi baleado e está internado no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, mas disse que estava a caminho da unidade e não tinha maiores detalhes sobre a ocorrência. Ayrio Cemeraro Neto, de 34 anos, teria sido atingido por pelo menos dois tiros e vai passar por cirurgia. Informações iniciais dão conta que o estado de saúde não é grave.  

O inspetor de moto, que geralmente é o primeiro a chegar a locais de ocorrências ligadas à trânsito, realizava ronda de rotina na região quando percebeu que o tráfego de veículos parado e parou para checar. Ele teria sido atingido quando foi em direção a um ônibus que estava parado. Uma das hipóteses é que os criminosos o confundiram com a polícia. As motocicletas utilizadas pelos funcionários da CET-Rio possuem giroflex.

O motorista do ônibus também teria sido baleado, mas segundo informações iniciais, sem maior gravidade. No coletivo ficaram as marcas dos disparos feitos pelos criminosos. Procurada, a PM disse que policiais do 14ºBPM e o Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) foram acionados para o local. Ninguém foi preso até o momento.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie