Rio

Polícia identifica suspeito de tentar matar travesti em São Gonçalo

A vítima foi espancada, asfixiada e teve cerca de 50% do corpo incendiado

Rio - A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira a identidade do suspeito de tentar matar a travesti Jéssica Dime, de 23 anos. O caso aconteceu no dia 28 de julho deste ano, em um motel em Alcântara, São Gonçalo. A vítima foi espancada, asfixiada e teve cerca de 50% do corpo incendiado. Ela está internada no Hospital Alberto Torres, também em São Gonçalo.

O suspeito era procurado por outros crimes Reprodução Polícia Civil

Fábio Barreto da Silva, 23, já era foragido da Justiça e possui duas anotações por tráfico de drogas. Ele foi identificado por testemunhas e câmeras de segurança, e posteriormente reconhecido pela vítima.

O caso

A vítima entrou no quarto do motel para realizar um programa. Ela foi agredida, asfixiada com um lençol e o agressor ateou fogo no quarto, trancando-a dentro.

Após uma denúncia, agentes encontraram Jéssica no local do crime desmaiada, com diversas escoriações e o corpo parcialmente queimado.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie