Rio

MP denuncia assaltante que atirou em vítima e acertou e matou comparsa

Crime aconteceu em maio, na Ilha do Governador

Rio - O Ministério Público do Estado do Rio, por meio da 30ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 1ª Central de Inquéritos, denunciou Daniel Fernando de Assis Junior por roubo seguido de morte em um assalto realizado em maio na Cidade Universitária, na Ilha do Governador.

Segundo a denúncia, Daniel e mais três comparsas Juan Nóbrega Pimentel, Alan Santos de Souza (já denunciados em outra ação penal) e mais um ainda não identificado abordaram o veículo de Hiago Gonçalves, Marllon de Carvalho, Yngrid Lopes e Flávia Thauanne na Avenida Brigadeiro Trompowski, na Ilha, por volta de 1h da manhã, e roubaram o carro, objetos pessoais e dinheiro, ameaçando as vítimas com armas de fogo.

Durante a ação, as vítimas relataram que o denunciado demonstrava nervosismo. Ao retirar os pertences de Yngrid, Daniel disparou contra ela. No entanto, o tiro atingiu um de seus comparsas, Alan Santos de Souza, que tinha assumido o volante. Alan morreu nove dias depois. Os criminosos fugiram. Cerca de 3 meses depois, o carro das vítimas foi encontrado e periciado, o que permitiu à Polícia Civil a identificação dos assaltantes.

Por conta do episídio, a Promotoria de Justiça denunciou Daniel, que já possuía outras quatro anotações criminais, por roubo seguido de morte, cuja pena pode chegar a 40 anos de reclusão e multa, em caso de condenação.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie