Vida Saudável

Atendimento voltado para os homens

Rede estadual atendeu 7 mil pessoas em 2016. Consultas mais comuns são com urologistas

Rio - O Centro de Atenção à Saúde do Homem, criado há seis anos pela Secretaria estadual de Saúde (SES), foi responsável por quase 7 mil consultas e 850 cirurgias só no ano passado. O projeto disponibiliza prevenção e tratamento de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), doenças da próstata, planejamento familiar, tratamento para disfunção sexual e cirurgias na unidade, que funciona na Policlínica Piquet Carneiro, na Tijuca. O funcionamento é interligado ao Hospital Universitário Pedro Ernesto, onde são realizadas cirurgias.

Consultas mais comuns entre os homens é com urologistas Divulgação

Apesar da iniciativa, a adesão dos homens em tratamentos médicos ainda é preocupante. Dados do IBGE revelam que os homens vivem, em média, sete ou oito anos a menos do que as mulheres. “Os homens ainda não têm o hábito do acompanhamento médico e de prevenir as doenças. Um de nossos desafios é ajudar nessa mudança. Temos hoje profissionais para consultas, exames e cirurgias. No mesmo local, além de se submeter ao tratamento, o homem também pode fazer a prevenção de doenças”, disse o secretário estadual de saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr.

O atendimento é feito pela Central Estadual de Regulação (CER) e recebe pacientes de todo o estado do Rio. Os atendimentos mais comuns são consultas com urologista e procedimentos como vasectomia e cirurgias da próstata. “Infelizmente, muitos homens não procuram o atendimento médico por medo. A mulher tem uma cultura de ir ao médico muito maior. Na policlínica, oferecemos atendimento voltado ao homem, também disponibilizamos um check-up, escutamos e orientamos ele a cuidar da saúde”, explica Ronaldo Damião, professor de urologia da UERJ e coordenador do Projeto Saúde do Homem da SES.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie