Cerca de 81% dos estabelecimentos de saúde de todo o país já armazenam informações online sobre seus pacientes

Pesquisa mostra que funcionalidades administrativas, como o agendamento de consultas, exames ou cirurgias, representam 57%

Por O Dia

Dados fazem parte da pesquisa TIC Saúde, lançada na última semana
Dados fazem parte da pesquisa TIC Saúde, lançada na última semana -

Rio - A proporção de estabelecimentos de saúde do Brasil que possuem sistema eletrônico para armazenar informações dos pacientes chegou a 81% no ano passado. Um crescimento de 15% nos últimos quatro anos. Os dados foram divulgados na 5ª edição da pesquisa TIC Saúde, lançada na última semana pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil. Nos estabelecimentos públicos que utilizaram a internet, a evolução da presença de sistemas eletrônicos para registro das informações dos pacientes saltou de 55% para 68%.

"Apesar do crescimento relevante, ainda são poucos os estabelecimentos que mantiveram as informações apenas em formato eletrônico", pontua Alexandre Barbosa, gerente do Centro Regional de Estudos.

Além dos dados cadastrais do paciente, estão disponíveis na maior parte dos estabelecimentos que usaram a internet informações de admissão, transferência e alta (44%), laudos (32%) e imagens de exames radiológicos (23%). A pesquisa mostra, ainda, que as funcionalidades administrativas, como o agendamento de consultas, exames ou cirurgias, representam 57%.

Infraestrutura

Os dados da pesquisa TIC Saúde 2017 também revelam que o uso de computadores (90%) e acesso à internet (77%) nos estabelecimentos públicos se mantiveram estáveis. No entanto, a disponibilidade de infraestrutura básica se mostrou crítica entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS): cerca de 12% não possuíam computador e 28% não contavam com acesso à internet.

Galeria de Fotos

Dados fazem parte da pesquisa TIC Saúde, lançada na última semana Reprodução de internet
Gilberto Gil (E) e Leo Gandelman: dois integrantes do time do Canal Brasil, que ainda produz shows, CDs e DVDs pelo seu selo Divulgação

Comentários

Últimas de Vida Saudável