Mais Lidas

'Não canto coisas que não falo na vida', afirma Manu Gavassi

Confira a seguir uma entrevista exclusiva com a atriz e cantora que vai se apresentar neste domingo, 4, no Rio.

Por leo.martinez

Manu Gavassi faz neste domingo, 4, o show de lançamento do seu mais novo CD, intitulado ‘Manu’. A apresentação acontece no Vivo Rio, na zona sul carioca, às 19h. Para o repertório, Manu Gavassi escolheu alguns sucessos como ‘Hipnose’, ‘Perigo’, ‘Antes do Fim’ e ‘Me Beija’, além de canções que fazem parte da sua trajetória, como ‘Vício’ e ‘Farsa’. Confira tudo isso e muito mais na entrevista a seguir.

Em abril você lançou o álbum que leva o seu nome. Qual foi o motivo de ter escolhido o próprio nome para batizar um trabalho?

Escolhi meu nome porque pra mim é como se fosse meu primeiro CD. Dessa vez pude participar de absolutamente tudo, o CD tem a minha cara, e é um período de transição, por isso achei que Manu seria um bom nome, um recomeço.

Você já fez alguns trabalhos na televisão. Sente vontade de voltar a atuar?
Sinto vontade. Rodei o meu primeiro filme ano passado, que lança ainda esse ano. Participarei também de uma série do Multishow que estreia esse ano. Vou conciliando da melhor maneira.

Qual o papel na TV que você gostaria de fazer?
Sempre gosto mais das vilãs (risos).

Atualmente muitos artistas estão ganhando dinheiro e popularidade com divulgação própria através da internet. Como você vê esse mercado?
Acho que é natural para a galera da minha idade. Eu comecei na internet então é um meio que sempre pude usar.

Como está o projeto do seu novo livro?
Ele está pronto! Adiamos o lançamento por conta do CD, mas esse ano sai. É uma ficção, com algumas inspirações na minha vida e em situações que vivi. Acho que é um livro bem verdadeiro sobre as jovens de hoje em dia. Muita gente vai se identificar.

O que mais te incomoda sendo uma pessoa publicamente conhecida?
A falta de privacidade. E as pessoas achando que te conhecem e que sabem detalhes da sua vida que elas realmente não sabem. Isso ainda é um incômodo às vezes.

Se você pudesse voltar atrás na sua carreira profissional, o que faria de diferente?
Acho que teria levado mais a sério desde o começo. Agora vejo que, pra mim, tudo era uma grande brincadeira, uma diversão, e agora levo bem mais a sério. Mas acho que tudo tem um motivo e uma razão de ser. Tudo serve de aprendizado pra te levar a um lugar melhor.

Qual a sua maior qualidade?
Eu acho que sei dar bons conselhos.

E o seu defeito?
Eu não sigo meus próprios conselhos (risos).

Como é a sua relação com o público infantil?
Eu sou apaixonada por crianças. É muito especial quando vejo essa galera mais nova em shows. Agora esse público é cada vez menor.

Qual a música que você não gravaria de jeito nenhum?
Difícil falar isso sem se comprometer... (risos). Acho que uma música que eu não acredito, que não tenha a minha cara. Eu não canto coisas que eu não falo na vida por exemplo. Por isso componho todas as minhas músicas.

Para você, quem é o principal nome da música no momento?
Depende do nicho que estamos falando. Na música pop acho que o Justin Bieber nos últimos anos soube crescer e mudar a carreira dele de uma forma admirável.

O que você gosta de fazer longe dos holofotes?
Dormir e assistir séries (risos).

Você está solteira no momento?
Sim.

O que o pretendente precisa ter para conquistar você?
Vixi! Ultimamente muitas coisas. Acho que por isso que continuo solteira. O principal é ser um cara de caráter e acho que saber rir de si mesmo. Entender de música ajuda (risos).

Você já mandou nudes para alguém? E foi correspondida?
Acho que não. E mesmo se tivesse jamais responderia que sim em uma entrevista (risos).

Qual o limite para a liberdade de expressão dentro das redes sociais?
Acho que hoje em dia a galera já perdeu o limite faz tempo. Acho que quanto mais sem limites você é, mais likes você tem. É complicado...

Deixe um recado para os seus seguidores...
Galera, continue acompanhando meu novo trabalho nas redes sociais e quero ver todos vocês nos shows da #MANUTOUR ! Beijos!

Manu GavassiHugo Toni/Divulgação


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia