Por tabata.uchoa

Luan Santana acaba de lançar o aplicativo ‘App Luan’, disponível para IOS e Android gratuitamente. Mas o aplicativo causou um certo desconforto para alguns fãs. É que existe uma área paga, cuja assinatura mensal custa US$ 2,99. O aplicativo também ‘vende’ estrelas em dólar. E quanto mais estrelas, mais “super fã” você é considerado.

Luan SantanaDivulgação

Por conta da polêmica, a coluna foi atrás de Luan Santana e o cantor se pronunciou sobre o assunto:

“Todos os meus fãs são ‘Super Fãs’ pra mim. É apenas o nome escolhido pelos desenvolvedores do app para a área Premium, que ganha conteúdos adicionais. Eu propus de mudar o nome apenas para ‘Área do Assinante’ e ponto. Ninguém é menos ou mais fã por pertencer a essa área. Quem está de fora não conhece essa relação que o fã tem com o ídolo. Um título não é nada. O app é gratuito, as estrelas, a princípio, têm a função de turbinar um post ou comentário dentro do aplicativo. E quem não quiser comprar, também pode ter estrelas. Quanto mais usa, mais ganha. Eu respondo sem distinção, fãs com 1 estrela e fãs com cem estrelas. A cada três posts, um é para área paga. O aplicativo envolve uma equipe por trás e através de recursos como esse, ele se mantém. Existem desenvolvedores e muito planejamento por trás de uma plataforma como essa. Meus fãs gostaram da novidade, estão comentando comigo onde me encontram. Eu sempre fui aberto para o novo e, dessa vez, não foi diferente”, disse o cantor à coluna.
Luan contou que está satisfeito com a repercussão do aplicativo: “Estou feliz com o resultado dos meus fãs comigo. Foram quase cem mil downloads em menos de 24 horas”.

Você pode gostar