Por thiago.antunes

Rio - A Coca-Cola perdeu um pouco do ‘gás’ financeiro em uma batalha judicial. A 6ª Vara Empresarial condenou a representante do refrigerante a pagar a ‘bagatela’ de R$ 50 milhões à Orla Rio Concessionária Ltda, responsável pela operação e manutenção dos quiosques espalhados pelas praias do Leme ao Recreio dos Bandeirantes e Prainha .

A multa milionária é porque a empresa não cumpriu o acordo de investir em obras de modernização dos quiosques e sanitários da orla, como reza o contrato assinado em 2006. A concessionária ganhou ainda o direito de retirar as peças publicitárias da empresa e dos seus produtos à beira-mar. A causa foi ganha pelo escritório Segal & Costa Advogados Associados.

A batuta é da juíza Maria Cristina de Brito Lima. De fato, a decisão ainda é liminar. Em nota, a empresa limitou-se a informar que a sentença não é definitiva. E que como trata-se de uma decisão de primeira instância, cabe recurso, que será utilizado em momento oportuno. A coluna vai acompanhar de perto.

Você pode gostar