-
Por
Publicado 18/08/2017 13:59 | Atualizado há 3 anos

São Paulo - Com medo de um segundo W.O. no Campeonato Brasileiro da Série C e sem recursos para acertar os salários dos jogadores insatisfeitos, o Mogi Mirim vai receber uma verba por empréstimo da Federação Paulista de Futebol (FPF) para acertar pelo menos um mês de vencimentos. Com isso, continuaria até o final da competição, faltando ainda quatro rodadas.

 

Este acordo foi confirmado pela assessoria de imprensa do clube e está sendo intermediado por Mauro Silva, vice-presidente de Integração da FPF, com os jogadores. A ação da FPF se deve inicialmente para auxiliar um filiado em dificuldade e, segundo, para não prejudicar outros três times paulistas que podem ser prejudicados.

Você pode gostar
Comentários