Mais Lidas

Ventos podem chegar a 250 km/h

Por karilayn.areias

Rio - Milhares de habitantes da costa do Golfo dos Estados Unidos receberam ontem ordens de evacuação para fugir do Furacão Harvey, que começaria a varrer o Texas e a Luisiana nas primeiras horas de hoje, ameaçando provocar “inundações catastróficas”.

Foto do astronauta Jack Fischer mostra o Furacão Harvey da ISSAFP

Por volta do meio-dia de ontem, Harvey se deslocava como furacão de categoria dois e com ventos de 175 km por hora. Se a previsão do Centro Nacional de Furacões (NHC) for mantida, Harvey subirá para a categoria quatro e poderá ser o furacão mais potente a tocar o território americano em 12 anos. Teme-se que os ventos atinjam mais de 250 km por hora e que haja inundações nas áreas das refinarias, que processam sete milhões de barris de petróleo por dia.

“O Texas está a ponto de sofrer um desastre muito grande”, disse Brock Long, diretor da agência federal de gestão de emergências (Fema). Houston será banhada com cerca de 50 cm de chuva e corre o risco de sofrer inundações súbitas. 

Long disse que o perigo maior são as ondas, que podem subir entre 1,8 e 3,7 metros sobre o nível regular do mar nas zonas mais afetadas da costa do Texas.

A tempestade atingirá a vizinha Luisiana durante vários dias e pode afetar seriamente Nova Orleans. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia