COLÉGIO DE MASSACRE RETOMA AS AULAS

Por

Dez dias após o atentado a tiros cometido por um aluno que culminou na morte de dois adolescentes e deixou quatro feridos, o Colégio Goyases retomou parcialmente as atividades ontem. Hoje será a vez dos estudantes do 6º ao 9º ano, incluindo a turma do 8°, onde foram feitos os disparos. A sala do massacre foi transformada em espaço de artes.

Também ontem, a mãe do garoto que efetuou os disparos depôs na delegacia. "Não houve negligência. A arma estava bem acondicionada, sempre desmuniciada, num lugar, munição no outro, tudo seguro", afirmou a advogada da família, Rosângela Magalhães.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários