MEMÓRIA DO DIA

Por

Durante visita ao Rio em maio de 1967, a princesa Michiko (de quimono claro), do Japão, visitou a ABBR, a Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação, no Jardim Botânico. A monarca visitou as salas onde crianças faziam tratamentos e pediu explicações sobre as terapias. O príncipe teve programação diferente: foi ao Monumento aos Mortos na Segunda Guerra e ao Estaleiro Ishikawajima, no Caju. Ao fim da visita, Michiko assinou delicada dedicatória no Livro deOuro e fez uma doação de mil dólares para a instituição.
Durante visita ao Rio em maio de 1967, a princesa Michiko (de quimono claro), do Japão, visitou a ABBR, a Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação, no Jardim Botânico. A monarca visitou as salas onde crianças faziam tratamentos e pediu explicações sobre as terapias. O príncipe teve programação diferente: foi ao Monumento aos Mortos na Segunda Guerra e ao Estaleiro Ishikawajima, no Caju. Ao fim da visita, Michiko assinou delicada dedicatória no Livro deOuro e fez uma doação de mil dólares para a instituição. -

Durante visita ao Rio em maio de 1967, a princesa Michiko (de quimono claro), do Japão, visitou a ABBR, a Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação, no Jardim Botânico. A monarca visitou as salas onde crianças faziam tratamentos e pediu explicações sobre as terapias. O príncipe teve programação diferente: foi ao Monumento aos Mortos na Segunda Guerra e ao Estaleiro Ishikawajima, no Caju. Ao fim da visita, Michiko assinou delicada dedicatória no Livro deOuro e fez uma doação de mil dólares para a instituição.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários