Vandalismo no BRT Boiúna revolta o Rio

Câmeras de segurança flagram vandalismo em estação de BRT na Zona Oeste. Leitores comentam

Por

"Vocês ainda têm dúvida? Esses meliantes não são comparáveis ao 'crime político organizado do Rio'. Os líderes da 'facção política criminosa' são Michel Temer, Rodrigo Maia, Pezão, Paes, Picciani e outros. Essa turma de vagabundos e pilantras deveria estar na cadeia. O crime do colarinho branco compensa neste país, e principalmente no Estado do Rio. Isso é Brasil!"

Alex Megafone, pelo Facebook

"Raça do inferno é essa brasileira como um todo. Incrível como não valoriza nada, e quando tem a oportunidade de melhorar tudo, apenas rouba ( vide políticos)..."

Marcos Marquinho Adriano, pelo Facebook

"Tem que descer o pau nessa gente! Não pode ter piedade: arrancar tudo que eles têm, objetos de valor, e leiloar a fim de pagar o ato de vandalismo!"

Vilmar Araujo, pelo Facebook

"Tinha que desativar estes BRTs. Isso só funciona em país civilizado, e não em país de vândalos como o Brasil."

Chaider Lima, pelo Face

"É o que eu digo desde o início: transporte escandinavo para população mesozoica. O submerdense, seja população ou 'ortoridade', há de entender que isto aqui é um esgoto. Não adianta forçar barra fingindo, se autoproclamando, se achando 3º mundo. Está - sem dúvida alguma - perto de um milhão de anos-luz da civilidade do 3º mundo."

Gildo de Lima, pelo Facebook, em resposta

"Nojo dessa raça, o BRT é para beneficiar trabalhadores, estudantes, velhinhos. Tem que matar esses vândalos!'

Sheila Caio, pelo Facebook

"Esses infelizes e desgraçados e que fazem os trabalhadores perderem uma ótima condução."

Katia Charles Fla, pelo Facebook

"Tem que pegar esse indivíduo e colocá-lo ele para pagar, nem que seja com cesta básica para uma instituição de caridade..."

Aparecida Silva, pelo Facebook

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários