Por
Publicado 28/12/2017 14:49 | Atualizado 28/12/2017 22:01

A 40 dias do Carnaval, o desfile das escolas de samba do Rio está ameaçado. O Ministério da Cultura não repassou o patrocínio de R$ 8 milhões para as agremiações. A coluna apurou que todos os barracões estão fora do cronograma. Portela, Tijuca, Tuiuti e São Clemente são as mais atrasadas. Só a Mangueira leva vantagem já que o carnavalesco não desmontou as estruturas de madeira. Leandro Vieira só mudou a decoração e a Verde Rosa acabou saindo na frente.

Você pode gostar
Comentários