Protesto artístico no Municipal

Por

Artistas e demais servidores do Theatro Municipal se apresentaram ontem na escadaria do espaço em mais uma manifestação contra os atrasos salariais do estado. Os vencimentos de outubro e novembro ainda estão pendentes para a categoria, além do 13º de 2016. O estado espera receber os recursos do empréstimo na quarta-feira e, assim, pagar os atrasados para todo o funcionalismo.

Para a violinista Antonella Pareschi, 42 anos, o ato busca mostrar que "a cultura não é banalidade". "Nosso ato não trouxe nosso pagamento de volta, mas nos torna visíveis", afirmou.

Acumulando contas, a artista disse que recorre a outros meios para poder quitá-las. "Tive que fazer comida para fora. Depois, ficou difícil de continuar as vendas. Afinal, dinheiro acaba", contou.

Vice-presidente do teatro, Ciro Pereira da Silva considera que o protesto também busca ajudar funcionários, como com arrecadação de cestas básicas. "

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários