Por
Publicado 28/12/2017 19:33 | Atualizado 29/12/2017 03:00

Policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte decidiram na quarta-feira à noite manter a paralisação das atividades ostensivas e não sair às ruas com viaturas, apesar da decisão judicial que considerou a greve das tropas ilegal. Já são dez dias de 'aquartelamento' e insegurança nas ruas da capital e do interior.

Você pode gostar
Comentários