Por

O juiz federal Vladimir Vitovsky, substituto no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), no Rio, negou ontem à tarde os embargos de declaração apresentados pela Advocacia-Geral da União para tentar derrubar a liminar que suspendeu a posse de Cristiane Brasil (PTB) como ministra do Trabalho. Assim, Cristiane continua proibida de assumir o cargo.

Cristiane, filha do ex-deputado federal e atual presidente do PTB Roberto Jefferson, foi indicada pelo presidente Temer no dia 3. Segunda-feira passada, a posse de Cristiane foi suspensa por liminar do juiz federal Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói. Ele atendeu a pedido apresentado em ação popular e citou o princípio da moralidade administrativa, já que Cristiane "teria sido condenada em reclamações trabalhistas".

Você pode gostar
Comentários