Por

A campanha do governo Temer para angariar simpatia - e votos - pela Reforma da Previdência ganhou as redes sociais. Ontem a hastag criada pelo governo #todospelareforma provocou uma verdadeira guerra virtual. Na parte da manhã esse foi o segundo assunto mais comentado no Twitter no Brasil, seguido diretamente pela hashtag #QuemVotarNãoVolta, que traz respostas da oposição e os motivos pelos quais a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287, que trata da reforma, não deve ser votada na Câmara dos Deputados.

E a campanha em prol da reforma não se restringiu ao Twitter, as páginas de todos os ministérios no Facebook, até os que nada têm a ver com Previdência, como Planejamento e Ciência e Tecnologia, passaram a exibir a mesma imagem de capa: as cores da bandeira nacional e o slogan "Todos pela Reforma da Previdência". E assim como no Twitter, o tom dos internautas na rede de Mark Zuckerberg, foi mais de críticas à reforma do que a favor das mudanças.

Você pode gostar
Comentários