Como evitar que a viagem dos sonhos se transforme em pesadelo

Confira dicas para fazer um passeio sem imprevistos

Por O Dia

Rio - Com saúde não se brinca e imprevistos em viagens são mais comuns do que as pessoas imaginam. Ficar doente durante um passeio ou, até mesmo, se acidentar pode sair muito caro. Isso porque uma simples gripe ou uma torção mais grave podem custar verdadeiras fortunas numa clinica particular.

De acordo com o advogado e especialista em responsabilidade civil Leonardo Amarante, se precaver antes de botar o pé na estrada é essencial. “Um seguro saúde é obrigatório para viajar para países como os Estados Unidos, por exemplo, e giram em torno de R$200, dependendo do tempo de estada no país. A maioria deles inclui seguro de vida e livram o turista de arcar com custos médicos emergenciais”, explica. Segundo ele, alguns pontos devem ser levados em consideração na hora de contratar um seguro saúde para viagem:

- Buscar seguradoras idôneas, de preferência alguma que já tenha sido usada e recomendada por parentes ou amigos;

- Ler com atenção todo o contrato antes de fechar o seguro. Isso garante que a pessoa estará ciente de todos os seus direitos e serviços que pode utilizar durante a viagem;

- Em caso de dúvidas, o turista deve solicitar ajuda aos atendentes da seguradora ou agência de viagem para entender melhor a cobertura do plano e suas limitações;

- É importante guardar o voucher e o contrato em caso de não cumprimento dos acordos por parte da seguradora;

- Não se esquecer de levar na viagem os telefones do plano, tanto os números brasileiros, quanto os internacionais.

Últimas de _legado_Notícia