Guardas não foram capazes de conter bando

Por O Dia

Um total de 40 pacientes de um centro psiquiátrico de Nairóbi está desaparecido depois que conseguiu escapar do Hospital de Mathari. O grupo arrombou uma das portas do centro e passou pela segurança, já que estavam em número maior do que os guardas. Segundo informou nesta segunda-feira o chefe de polícia do bairro de Starehe, Samuel Anampiu, os 40 fugitivos faziam parte de um grupo de 75 pacientes que tentaram escapar no domingo à noite do centro em uma ação previamente planejada.

"As investigações iniciais indicam que a fuga foi planejada por razões que ainda precisamos descobrir", disse Anampiu à imprensa local. Dos 75 que participaram da ação, 35 foram detidos depois que não conseguiram sair das instalações do hospital.

Depois do incidente, o Hospital de Mathari entrou em contato com a polícia do Quênia, que iniciou uma operação de busca e captura dos 40 pacientes, todos homens. "Temos todos os dados, incluindo as fotos, o que facilitará a identificação deles", anunciou Anampiu.


Últimas de _legado_Notícia