Jovens ficam cada vez mais na dúvida entre o curso técnico ou superior

Especialistas ajudam na busca da melhor decisão para o aluno que está deixando o Ensino Médio

Por O Dia

Rio - Buscar formação técnica ou optar por curso universitário é uma decisão que provoca cada vez mais dúvidas em jovens que concluem o Ensino Médio. Enquanto que no atual mercado de trabalho, cheio de inovações e alta concorrência, o curso técnico funciona como alternativa para quem quer se empregar mais rapidamente, especialistas em Recursos Humanos alertam que esta opção não deve substituir uma boa graduação.

O presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio (ABRH-RJ), Paulo Sardinha, diz que, em geral, há espaço para duas modalidades. Segundo ele, a proximidade dos grandes eventos no Rio e o aquecimento da economia fazem com que a demanda por profissionais técnicos seja maior. Isso se deve, conforme Sardinha, à necessidade de mão-de-obra operacional estratégica em falta nos últimos anos.

O curso de sondador está entre os 18 tipos de formação técnica oferecidos pelo Senai Rio neste primeiro semestreDivulgação

“Os cursos técnicos são alternativas para demandas urgentes de mão-de-obra. Após a inserção no mercado de trabalho e a conquista da estabilidade é importante que o profissional invista numa boa graduação e numa pós-graduação para se especializar com conhecimentos mais densos”, destaca o presidente da ABRH-RJ.

Diferenças entre os cursos

Sardinha destaca as diferenças entre os dois tipos de carreira. Ele explica que enquanto o curso técnico da ênfase a aspectos práticos e conhecimentos objetivos, a graduação da maior destaque ao lado científico e tecnológico.

“No entanto, as diferenças existentes entre os cursos devem ser usadas como aliadas na busca por uma boa formação e para atender aos ensejos do profissional. Um candidato que já tenha a formação técnica pode usá-la como degrau para a graduação, onde ele pode adquirir mais conhecimento teórico e específico da área em que já atua”, explica Paulo Sardinha.

O curso de mecânica de automóveis tem recebido número alto de mulheresDivulgação

Mais de 7 mil vagas

Allain Fonseca, coordenador de projetos educacionais do Senai Rio, informa que as cadeias produtivas das áreas de petróleo e gás, da infraestrutura e as relacionadas a eventos e hospitalidade estão com amplas oportunidades de emprego para quem tem formação técnica. O Senai está com 7.245 vagas gratuitas abertas em cursos técnicos para estudantes da rede pública estadual até dia 4 de março.

De acordo com Fonseca, no processo produtivo os técnicos assumiram lugar de relevância, e têm sido bastante demandados pelas empresas. Contudo, o coordenador também diz que os níveis diferentes de Educação não são excludentes entre si.

“O que ocorre com alguma frequência é que, em função da urgência na obtenção de um emprego, o jovem acaba optando pelo curso técnico pela sua menor duração em comparação ao Nível Superior e vá para a faculdade empregado e com capacidade de pagamento para financiar a sua formação”, explica.

Pensar só em retorno financeiro pode ser frustrante

Carolina Coelho, psicóloga organizacional da Havik Consultoria, especializada em recrutamento de pessoal e desenvolvimento de lideranças, ressalta que a escolha da carreira, além de estar pautada no mercado de trabalho, deve também levar em conta o interesse do profissional.

“Escolher uma profissão pensando apenas no retorno financeiro pode causar frustrações a curtíssimo prazo”, analisa a especialista.

Segundo ela, o ideal seria conseguir conciliar uma atividade que dê prazer, desafios, motivação e remuneração atrativa. Já Vitor Vianna, diretor comercial da Mercadata Selling Institute, empresa de consultoria e desenvolvimento empresarial, diz que antes de decidir é preciso pesquisar informações para descobrir qual a linha de formação de cada curso e seu tempo de duração.

“É imensa a variedade de cursos de formação técnica e de Nível Superior à disposição dos estudantes que concluem o Ensino Médio. É importante avaliar o custo-benefício para que o jovem possa ver qual a formação será mais viável para ele no momento”, aconselha.

Senai Rio e Senac-RJ oferecem mais de 10 mil vagas em cursos técnicos

O Senai Rio está com inscrições abertas para 7.245 oportunidades em 18 cursos de formação técnica até 4 de março com aulas previstas para começar na segunda quinzena do mês que vem . Os cursos são para áreas de alimentos, automação industrial, comunicação visual, construção naval, entre outros. São destinadas a alunos das escolas estaduais, que estejam cursando o 2º ou o 3º ano do Ensino Médio. Informações de como participar do processo seletivo pelo site www.cursosenairio.com.br.

O Senac-RJ também está com mais de três mil vagas em 17 cursos técnicos gratuitos. Com inscrições abertas até a próxima sexta-feira, dia 28, no site www.rj.senac.br, as oportunidades são para as áreas de administração, gestão, saúde, beleza, tecnologia da informação, hospitalidade, turismo, hotelaria, gastronomia, moda, beleza, bem-estar e comunicação.

Últimas de _legado_Notícia