Por tabata.uchoa

Rio - Peixes e outros animais que vivem em ambiente marinho ingerem o equivalente a 24 mil toneladas de plástico por ano, segundo a Sociedade de Conservação Marinha. O impacto de todo esse lixo nos oceanos é dramático.

“A cada ano, pelo menos um milhão de aves e cem mil tubarões, tartarugas, golfinhos e baleias morrem por comer plástico”, explica Philip Malmberg, presidente-executivo da empresa britânica Ecover, que vai lançar novas embalagens para seus produtos de limpeza feitas com resíduos retirados dos mares.

Cerca de 24 mil toneladas de plástico por ano são ingeridas por animais marinhosIstock

A tecnologia será de outra empresa, a Logoplaste, que confeccionará as novas garrafas com uma mistura do plástico retirado do mar com um outro, feito de cana de açúcar. Inicialmente as embalagens terão 10% de material reaproveitado, mas as empresas pretendem aumentar o percentual, para tornar a ação ainda mais sustentável. Como há muita diversidade nos tipos de plásticos retirados dos mares, é preciso fazer a mistura de matéria-prima. O plástico de origem vegetal garante qualidade e resistência necessárias para o armazenamento de produtos de limpeza.

A coleta do plástico nos mares está sendo feita por barcos especializados, capazes de retirar até oito toneladas por vez. A mão de obra é de pescadores.

Você pode gostar