Por monica.lima
Com sete lojas franqueadas, a Casa Pilão tem a meta de abrir mais 20 unidades esse anoDivulgação

O tradicional cafezinho depois do almoço tomado ao pé do balcão de padarias e botecos foi perdendo espaço para opções mais confortáveis. Em parte, graças às redes que estão investindo em franquias de cafeterias, impulsionadas por consumidores que adoram café — e novidades — e não abrem mão desse ritual diário. Esse segmento, no franchising, está dentro da categoria Alimentação que, em 2013, faturou R$ 24 bilhões, com quase 1.500 lojas abertas nesse formato. André Friedheim, sócio da Francap, que atua na expansão de negócios em franquias, diz que o investimento em cafeterias já chama a atenção de marcas que até então eram vistas apenas nas gôndolas de supermercados. Caso da Pilão, da holandesa DE Master Blends. Com sete lojas franqueadas no momento, a meta é abrir mais 20 unidades esse ano.

“O café se tornou um hábito também de degustação. Por isso o investimento em mais opções ao básico. O mercado vem ganhando corpo. Pilão está investindo e o Café do Ponto, que há duas décadas atua com franquias e tem 90 lojas abertas, prevê mais dez para esse ano. É um mercado em expansão, que atrai também as estrangeiras como a Illy, que estuda abrir cafeterias aqui”, diz ele.

Enquanto a Illy não chega, a Dunkin' Donuts retorna ao Brasil — esteve por aqui entre 1980 e 2005, com mais de 60 lojas — iniciando operações no Distrito Federal e Goiás. A meta é abrir 65 pontos de venda em cinco anos.“A marca percebeu o potencial do nosso mercado e decidiu retornar ao país, por meio de master franquias”, diz Lyana Bittencourt, diretora de marketing e desenvolvimento do Grupo Bittencourt, consultoria especializada em franquias.

SOLUÇÕES & OPORTUNIDADES

E a fé chega no mercado de franchising. A franquia Origem da Fé abriu a primeira loja em março, no Alpha Shopping (SP), e pretende inaugurar uma unidade por ano. Inicialmente, a prioridade é o estado de São Paulo. Para isso, os sócios Marcos Rozzato e Rafael Jorge investiram em formatos atraentes. “Esse mercado, apesar de muito lucrativo, é carente de profissionalismo. Grande parte dos fornecedores é artesanal, o que dificulta a diversificação do mix de produtos”, diz Rozzato.

A Associação Brasileira de Franchising faz a primeira edição do Congresso Internacional de Franchising, que acontecerá nos dias 24 e 25 de abril, no Hotel Hilton, em São Paulo. Já na regional Rio da entidade, o assunto é sustentabilidade, dia 29 de abril na sede da ABF, no Centro da cidade.

A GOAKIRA, consultoria especializada em franquias e varejo, abriu um novo braço de atuação, a FranquiaZ. A nova marca irá oferecer serviços, consultoria e informações para quem já é um franqueado ou para quem procura investir no mercado de franquias.

Ex-donos da Devassa investem em pizza

A Vezpa Pizzas, da dupla Cello Macedo e Marcelo do Rio — que foram donos da cervejaria Devassa e dos bares com o mesmo nome, hoje nas mãos da Brasil Kirin — iniciam processo de expansão da marca de redondas artesanais. Com três lojas na Zona Sul do Rio, a meta é abrir mais cinco, sendo três próprias e duas franquias até o final do ano . A mais recente é a da Barra da Tijuca, no Rio.

Rede de estética inicia expansão

Modulada para o franchising no final do ano de 2013, a rede Capim Limão, que oferece serviços de estética, tem hoje quatro unidades franqueadas em funcionamento : Casa Verde (SP), Barra da Tijuca
( RJ) , Chapecó (SC), Santa Maria ( RS). Agora, é a vez de abrir uma loja no Recreio dos Dandeirantes
( RJ), neste mês.

Crepelocks: mais 12 endereços em 2014

A leva de crepes da rede Crepelocks promete ser ainda maior com a abertura de novas unidades franqueadas esse ano. Para 2014, a expectativa é fechar 12 lojas no Rio, em diferentes shoppings e, em 2015, iniciar a expansão para outros estados, começando por São Paulo.

Você pode gostar