Certificação acontece anualmente e é uma garantia internacional de que os locais cumprem determinações de legislação ambiental, segurança e qualidade da água

Por O Dia

Rio - A Marina Costabella, em Angra dos Reis, no Sul Fluminense, está disputando o prêmio Bandeira Azul para a temporada 2014/2015. As outras candidatas são a Prainha, no Rio; Marinas Nacionais e a Praia do Tombo, ambas no Guarujá, em São Paulo. A certificação é a mais alta garantia de que praias e marinas de todo o mundo cumprem determinações de legislação ambiental, qualidade da água, segurança de equipamentos e gestão. Quem vence, agrega atributos que diferenciam no mercado de viagens e ganha visibilidade internacional no setor ambiental.

A definição pelas quatro praias se deu em reunião realizada em setembro, em Copenhagen, na Dinamarca, com o júri internacional do Programa Bandeira Azul. A temporada 2014/2015 começará oficialmente a partir do dia 01 de novembro e as bandeiras devem ser hasteadas até no máximo dia 15 de dezembro.

As praias e marinas inscritas no programa se comprometem com o cumprimento de critérios distribuídos em quatro categorias: educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental. Para receber o certificado, a praia ou marina deve passar por três instâncias de avaliação, inicialmente pelo operador nacional do programa e depois o internacional.

O Bandeira Azul existe desde 1987 e começou na Europa, criado pela Fundação para Educação Ambiental (FEE). A organização internacional já certificou mais de 3,8 mil praias em 46 países. No Brasil, o Operador Nacional do Programa é o IAR (Instituto Ambiental em Rede), que já foi chamado de Instituto Ambiental Ratones

Últimas de _legado_Notícia