Acordo entre as duas entidades visa desenvolver áreas de marketing, administração e entretenimento do esporte brasileiro

Por O Dia

A LNB (Liga Nacional de Basquete) e a NBA (National Basketball Association) anunciaram, nesta quinta-feira (11/12), uma parceria de longo prazo para o desenvolvimento do basquete no Brasil. As entidades vão trabalhar em conjunto para atingir um número cada vez maior de fãs e alavancar novos negócios para a LNB, através de planejamento estratégico de marketing que visa valorizar o produto basquete. Criada em 2008, a LNB é a organizadora da principal competição do esporte no país, o NBB (Novo Basquete Brasil).

Segundo o exe cutivo da NBA, Jason Carrily, a liga vê o país como um lugar estratégico para um planejamento a longo prazo. “A LNB fez um excelente trabalho no desenvolvimento do NBB nestes últimos sete anos e esperamos continuar com essa evolução nos próximos", declarou.

Com o acordo, a liga americana auxiliará no desenvolvimento em diversas áreas, como marketing, administração e entretenimento. “Acreditamos que juntos podemos atrair mais interesse ao basquete brasileiro e transformar o NBB em um dos maiores campeonatos do mundo”, completou Carrily.

Pelos próximos anos, a parceria vai se expandir e pode abranger outras áreas, incluindo novos negócios envolvendo o NBB (Novo Basquete Brasil), operações de basquete, desenvolvimento de atletas, entre outras iniciativas.

"Com essa parceria com a NBA, seremos capazes de trabalhar em projetos e novas ações que vão estimular o crescimento do basquete no Brasil, além de proporcionar um melhor e mais empolgante produto aos nossos fãs", disse o presidente da LNB, Cássio Roque.

A parceria é mais um passo da NBA no Brasil, que em setembro de 2012 inaugurou um escritório no país. Em 2013, o Rio de Janeiro foi sede do primeiro jogo oficial da NBA no Brasil: Washington Wizards, de Nenê, e Chicago Bulls, se enfrentaram em uma partida válida pela pré-temporada, dentro do projeto Global Games. Em outubro deste ano, Cleveland Cavaliers e Miami Heat jogaram no Rio de Janeiro pela edição 2014.

"O basquete é um dos esportes mais populares e que mais vem crescendo no Brasil. Vamos estar perto dos apaixonados pelo basquete, conquistar novos fãs e ajudar não só no crescimento, mas também no desenvolvimento da modalidade", afirmou Arnon De Mello, Diretor-Executivo da NBA
no Brasil.

Na temporada 2014-2015, o Brasil tem número recorde de atletas inscritos na liga, com sete no total: Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers), Bruno Caboclo e Lucas ‘Bebê’ Nogueira (Toronto Raptors), Leandrinho Barbosa (Golden State Warriors), Nenê Hilário (Washington Wizards), Vítor Faverani (Boston Celtics) e Tiago Splitter (San Antonio Spurs), que se tornou o primeiro brasileiro campeão da liga nesta última temporada.