Por bferreira

Rio - Está aí uma ideia e tanto. Há 4 meses, foram instalados 175 painéis solares na cobertura do estacionamento do prédio das empresas do grupo Enel, em Niterói. No período, foi atingida a marca de 22 MWh de geração de energia solar. A quantidade é suficiente para abastecer 30 residências com um consumo médio de 155 KWh/mês.

A geração solar evitou a emissão de 13 toneladas de CO2 na atmosferaDivulgação

Além disso, a geração solar evitou a emissão de 13 toneladas de CO2 na atmosfera — o que seria produzido por mês, em média, por 13 carros que percorrem 17 quilômetros por dia. Para conseguir este mesmo resultado em relação à poluição, seria necessário plantar 76 árvores.

A geração do estacionamento solar representou, até agora, economia de 26 milhões de litros de água (volume necessário para a mesma energia ser gerada por hidrelétrica).

O projeto é da Prátil, empresa de serviços da Enel, do qual também faz parte a distribuidora de energia Ampla. Ele é considerado o maior do Brasil em geração distribuída, modalidade que permite a geração de energia para consumo próprio e o compartilhamento do excedente com o sistema elétrico, de acordo com a resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica. O estacionamento ocupa uma área de 260 m², que comporta 20 carros. A energia gerada pelas placas abastece o próprio prédio da companhia.

Você pode gostar