Conta social: Carros também são reciclados

Por ano, 15 milhões de toneladas de sucata ferrosa são usados por indústria de aço

Por O Dia

Rio - Papel, vidro, plástico, pilhas, aparelhos eletrônicos... Cada vez mais surgem ações para reaproveitar o lixo, gerando matéria-prima e renda. E os veículos fora de circulação também podem ‘dar um caldo’. Mais de 30 mil carros, caminhões e ônibus já foram reciclados pela Gerdau desde 2008, por exemplo, retirados de unidades do Detran de oito estados brasileiros, entre eles o Rio de Janeiro. O volume reaproveitado corresponde ao tamanho de mais de 20 campos de futebol. 

Sucatas de oito estados%2C entre eles o Rio%2C são reaproveitadasDivulgação


A Gerdau, empresa do segmento de aço, tem capacidade para triturar o equivalente a 200 carros por hora. Após a compra dos veículos por leilão, ela é responsável pelo processo de descontaminação, destinação dos resíduos gerados, compactação e transporte. Os veículos são reprocessados e, então, transformados em aço.

Ao realizar esse processo, a Gerdau procura diminuir a emissão de poluição e colaborar com a redução de despesas dos governos com o armazenamento dos veículos. Indiretamente, também evita a proliferação de focos do mosquito da dengue e a contaminação de solo. Além disso, gera receita com a venda da sucata. Ao todo, a companhia recicla 15 milhões de toneladas de sucata ferrosa por ano para produção de aço, que pode ser reciclado infinitas vezes sem perder qualidade.

Últimas de _legado_Notícia