Por leo.martinez

A trans Jane Di Castro ficou possessa com um câmera man que insistia em chamá-la de Rogéria, durante a apresentação do espetáculo ‘Vamp - o musical’: “Não me confunda, querido. Somos amigas e loiras, mas ela é lisa e eu sou crespa. Ela mora no Leme e eu em Copa. Ok?”. Pano rápido. Falando em Vamp, Ney Latorraca é uma diversão à parte no musical. É o rei dos cacos. Noite dessas falou que estava com câimbra e que por isso não ia fazer a coreografia.

Jane Di Castro e RogériaDivulgação


Você pode gostar