Por leo.martinez

Na última quinta-feira foi gravada uma cena de um parto à beira de um rio para a novela ‘A Força do Querer’. A produção escolheu um bebê de três meses para a cena. A exposição ao frio fez com que a criança tivesse que ser internada, após a cena, com hipotermia.

. Leia também: Bebê de 3 meses grava cena de 'A Força do Querer' e é internado com hipotermia

A hipotermia ocorre quando a temperatura do corpo, que é de 37 graus, caia para menos de 35 graus. Após o acidente, a mãe do bebê foi contratada pela Globo. O contrato vale até o fim de ‘A Força do Querer’.

A TV Globo, ao saber do caso de hipotermia, decidiu imediatamente punir os profissionais envolvidos na cena. Foram afastados por 30 dias, sem direito a remuneração financeira, um gerente de produção, um produtor e o diretor da cena, Davi Lacerda.

A Globo chegou a pensar em demitir os profissionais mas o diretor geral da novela, Rogerio Gomes, o Papinha, intercedeu a favor deles. A coluna procurou a TV Globo, que afirmou que não comenta assuntos internos, mas disse que a atitude confirma a seriedade dos processos de ‘compliance’ da emissora. Compliance é o conjunto de disciplinas que faz cumprir as diretrizes das empresas. E a Globo afirma que todas as denúncias que chegam ao RH passam por apuração e suas consequências.

A Força do QuererReprodução


Você pode gostar