Colar fora do pescoço do ex-governador Sérgio Cabral

Procurador-geral de Justiça convocou 3ª Sessão Ordinária para a próxima sexta-feira

Por O Dia

Rio - Preso desde de novembro do ano passado acusado de corrupção, o ex-governador Sérgio Cabral agora fica cada vez mais escanteado e deve perder as honrarias concedidas com tanto apreço pela estrutura da Justiça do Rio. Uma delas é o Colar do Mérito do Ministério Público. O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, convocou para sexta-feira, às 11h30, a 3ª Sessão Ordinária do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça. Na pauta, a distribuição do pedido do desembargador José Carlos Paes para que o MP retire a honraria. O Órgão é composto por 22 membros - dez são os mais antigos. Paes já pediu também ao Tribunal de Justiça do Rio para 'recuperar' do pescoço de Cabral o colar concedido pela Corte em 1995.

Sérgio Cabral está preso desde novembroRodrigo Felix Leal / Gazeta do Povo