Defensor público chama MP de revanchista e procurador-geral reage ao ataque

As duras críticas foram feitas em audiência na Alerj sobre superlotação em presídios e publicadas no Facebook da Defensoria Pública

Por O Dia

Rio - O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, reagiu às duras críticas do Coordenador de Defesa Criminal da Defensoria Pública, Emanuel Queiroz, ao Ministério Público durante audiência sobre superlotação nos presídios na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Na ocasião, Queiroz tachou o órgão de "cúmplice, revanchista, midiático e fomentador do ódio". O defensor também atacou o Poder Judiciário, por ainda não ter implantado as audiências de custódia fora da capital.

Assista ao vídeo

Indignado com as declarações, Gussem encaminhou ofício ao Defensor Público-Geral, André Luís Machado de Castro, lamentando o episódio.

Leia íntegra do ofício