Desembargadores mantém circulação de VLT

Ministério Público pediu a suspensão do serviço

Por O Dia

Rio - O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) vai continuar em operação no Centro da cidade. A decisão é da 8ª Câmara Cível, que negou pedido de liminar do Ministério Público para suspender imediatamente o tráfego do moderno trenzinho.

Na ação civil pública, a promotoria questiona os “impactos ambientais e urbanísticos” decorrentes da implantação e operação do serviço de transporte coletivo, bem como os riscos à vida e à integridade física dos usuários e passageiros devido à “sinalização deficiente”.

Os desembargadores, porém, concluíram que a operação do novo sistema foi iniciada gradativamente, exatamente para que a interação com passageiros e pedestres fosse mais segura, com a ajuda de agentes de trânsito e batedores de motocicleta.

Além disso, para os magistrados, a manutenção do funcionamento é de inegável interesse público. Até porque cresce cada vez mais a utilização desse meio alternativo de transporte. E a suspensão do funcionamento causaria transtornos para os passageiros.