Fábio Assunção é preso por desacato. Veja o vídeo

Incidente ocorreu na madrugada de sábado

Por O Dia



O ator Fábio Assunção, de 46 anos, foi preso em flagrante na madrugada de sábado, na cidade de Arcoverde, no sertão de Pernambuco, conforme noticiou em primeira mão a coluna Leo Dias, do DIA. Sobre o ator, pesam as acusações de dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência à prisão.

No início da noite, após audiência de custódia no Fórum local, o ator foi liberado, após pagar fiança de 10 salários mínimos (R$ 9.370), e deixou o local ao lado da namorada, Pally Siqueira. O processo, agora, vai correr sob segredo de Justiça.


Mais cedo, acompanhado de um advogado, Fábio havia prestado depoimento para a delegada Cristina Gomes. Ele disse que teve um “descontrole” ao ser levado para o Hospital Memorial Arcoverde.

Em nota oficial, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Pernambuco informou que o ator se envolveu em uma briga no Pátio de Eventos da cidade e depois foi encaminhado ao hospital, onde demonstrou comportamento agressivo. A polícia foi chamada, mas, ao chegar ao local, não encontrou mais o ator.


Minutos depois, os policiais foram informados de que Fábio estava ameaçando duas jovens no Pátio de Eventos. “Ao tentar levar as partes para esclarecer os fatos na delegacia, Fábio Assunção ficou agressivo e se negou a entrar na viatura, sendo necessário o uso de algemas para levá-lo. Ao tentar ser conduzido para a delegacia, novamente o global ficou agressivo e se negou a entrar na viatura, sendo necessário o uso de algemas para levá-lo. Ao ser colocado no xadrez da viatura, ele ficou ainda mais violento e quebrou o vidro traseiro do veículo. Diante do exposto, a ocorrência foi encaminhada para a delegacia”.

Como o total das penas para os crimes em que foi autuado soma mais de três anos de reclusão, “não cabe no caso o temor circunstanciado de ocorrência (TCO)”, diz a nota oficial da polícia.

Vários vídeos do ator alterado circulam pela internet. Em um deles, Fábio aparece inicialmente no chão, sendo ofendido por moradores, que o acusam de “acabar com o São João da cidade”.

Em outro vídeo, dentro do carro da polícia, algemado e já com o dia claro, o ator pede para “chamar o sargento”, porque quer “olhar no olho dele”. “Desacato é esse que você fez agora!”, fala o ator, dando um soco na tampa traseira do carro e chamando alguém que não aparece na imagem de “filho da puta”.


Em outra gravação, Fábio está no hospital e parece exigir, em linguagem desconexa, que a unidade atenda uma senhora que estava aguardando sua vez na emergência. Quando ficou mais calmo, Fábio se limitou a repetir: “Que vergonha, meu Deus!”.