Por thiago.antunes

Rio - O cabo Nilton Carlos da Costa Júnior mais os traficantes Álvaro Malaquias Santa Rosa e Rodnei Menezes Andrade vão responder no 3º Tribunal do Júri pelo assassinato da líder comunitária Glória Maria dos Santos Miccas da Cidade Alta, em dezembro.

Ela foi emboscada e morta porque era fiel à facção criminosa Comando Vermelho, quando o PM recebia propina dos bandidos do Terceiro Comando Puro. A denúncia do Ministério Público foi aceita pelo juiz Alexandre Abrahão. Os réus têm dez dias para apresentar a defesa.

Você pode gostar