‘Estou vivendo o início de uma nova fase’, diz Micael Borges

Cantor é o entrevistado de domingo da coluna

Por O Dia

MICAEL BORGES começou a vida artística em 2003, com o pé direito, em um dos maiores filmes do cinema nacional, ‘Cidade de Deus’. De lá para cá, se destacou em ‘Malhação’ e ‘Rebelde’, quando decidiu deixar a atuação um pouco de lado para se dedicar exclusivamente à música. Depois de passar pela banda Melanina Carioca, ele seguiu em carreia solo. Desde então já usou o nome Micael Borges, Mika e agora só Micael. A mudança de nome marca uma nova fase na carreira: ele assinou com a empresa Rodamoinho e passou a ser empresariado por ninguém menos que Anitta.
O cantor conversou com a coluna e falou sobre música, carreira e até do filho, Zion. A entrevista completa você pode conferir a seguir.

micael BorgesDivulgação

Por que a empresa da Anitta?
Ah, não tem um por que. Na verdade foi uma coisa meio que inesperada para os dois. Agente se encontrou dentro do estúdio e pasou a trocar uma ideia... A gente passou a ter uma conexão bacana para desenvolver o trabalho.

E desde que entrou para a Rodamoinho, você já conseguiu sentar e conversar com ela? Ela já te deu algum conselho?
Já, sim! A gente se fala muito. Anitta é ligada no 220v 24horas por dia. A gente se fala quase todos os dias.

Você já foi Micael Borges, Mika, e agora Micael. Por que mudar de nome de novo?
Na verdade, meu nome é Micael. Eu voltei para o meu nome verdadeiro porque já está na boca de todo mundo. Todos me conhecem por este nome. E também facilita encontrar na internet.

Mas me diz: as pessoas te chamam de Micael?
Sim! Elas me chamam de Micael

E o que que a gente pode esperar dessa nova fase da sua carreira?
Ah, muito trabalho, muita música... A gente vai tentar planejar as coisas pra ver direitinho qual é o melhor caminho... Qual seria o próximo passo... Mas o que as pessoas podem esperar é por muita música.

Você já tem alguma novidade ou ainda estão planejando alguma coisa?
A gente ainda está planejando. Estou vivendo o início de uma nova fase

Micael BorgesDivulgação

Você já está com alguma gravadora?
Sim! Eu estou na Warner (mesma gravadora de Anitta).

Você estourou como ator, fazendo ‘Rebelde’. Você desistiu de atuar?
Não, não desisti não! Eu sou ator, não tenho como fugir disso, comecei atuando desde pequeno. Comecei bem novo, só que do grupo que eu vim (Nós do Morro), a gente aprendia muitas coisas, entre elas atuação e música. Atuar é uma grande paixão pra mim também, mas eu decidi me dedicar à música porque é uma coisa que eu consigo me expressar de uma outra forma. Mas eu sou ator também e isso é difícil sumir.

E quando foi que você pensou em investir mais na carreira de cantor, do que na carreira de ator?
Acho que foi quando eu vivi a experiência com ‘Rebelde’, porque eu gravava de segunda a quinta, e na própria quinta eu já viajava para fazer show. Daí fazia show com o elenco de ‘Rebelde’ e com o Melanina Carioca. Eu tive a experiência com as duas profissões ao mesmo tempo. Então eu decidi ali.

Quando você estava no ‘Rebelde’ ou mesmo no Melanina, você já queria ter uma carreira solo?
As coisas foram acontecendo assim... Foi a necessidade de criar que me motivou, a tomar essas decisões assim.

É você quem escreve as suas músicas?
Eu escrevo boa parte das minhas músicas, mas tenho bastante música em colaboração também.

E o que te inspira a compor suas músicas?
A vida, as coisas que acontecem ao meu redor, ou algum filme que eu vi, ou algo que eu ouvi...

Com quem você tem vontade de fazer uma parceria musical?
Nossa! Eu tenho vontade de fazer uma parceria musical com muita gente! É difícil dizer alguém... É muita gente! E espero que eu consiga.

Qual é o estilo que você vem agora?
Na real, eu sou pop. Eu represento a música brasileira. Coloquei muita coisa no meu som e tem muita coisa que eu escuto, que fala muito sobre tudo. A nossa cultura é muito rica. Então a gente pode dizer que eu sou pop.

Você está morando no Rio ou em São Paulo?
Estou morando atualmente em São Paulo.

Mas você planeja vir para o Rio?
Por enquanto não! Porém eu não sei o que pode acontecer amanhã...

Mika BorgesDivulgação

Me conta como e que é a relação com seu filho, porque ele e muito ‘gatinho’!
Obrigado! Ah! É uma relação bem legal! Acho que por eu ter sido um pai novo, eu consigo entender um pouco melhor o Zion (de 3 anos). Apesar da geração dele ser mais à frente que a minha, acho que entendo bem. Às vezes eu pareço até irmão! Isso é o que é mais legal: eu amo ser pai!

E você pretende ter mais filhos?
Ah! Por enquanto eu pretendo ficar só nele.

Ele já entende que o pai dele é famoso?
Não, ele não entende não. Até porque ele é muito novo, mas ele sabe que o pai dele é diferente, pelo convívio com famosos. E ele gosta muito de música. Eu não forço ele a nada. É dele mesmo.

Você tem vontade de casar na igreja?
Não veria problema...

Me conta como é seu relacionamento com as suas fãs?
Ah, é muito bom, né? Eu tenho uma relação muito direta com eles, eu mantenho muito contato com eles nas redes sociais. Sempre que posso eu converso com alguns. Até porque, na real, o feedback é deles. E é sempre muito bom, porque eles sempre têm muitas coisas boas para trazer para a gente. Eu tento me manter sempre conectado com eles.

Hoje em dia, você tem uma vida boa, mas acho que nem sempre foi assim. Quando começou você imaginaria que sua vida ficaria como está hoje?
Eu sempre tive uma vida boa. Não posso dizer que tive uma vida ruim. Depende muito do que é para todos uma vida boa ou uma vida ruim. Acho que posso dizer que minha vida sempre foi muito boa. Faço o que eu amo desde pequeno, minha família sempre me apoiou.

Como é que você se vê daqui a uns cinco anos?
Isso aí é muito difícil (risos). Mas eu espero que esteja trabalhando com o que eu amo, qu<e eu seja feliz com tudo isso que eu venho fazendo... Espero poder passar a minha mensagem para todo mundo, espero passar o amor acima de tudo.

E o que seus fãs podem esperar nesta nova fase da sua carreira?
Muito trabalho e muita música.

Quando saiu que você estava na empresa da Anitta, as pessoas ficaram muito surpresas?
Olha, eu acho que teve uma surpresa das duas partes. Tomar conta da carreira de outro artista marca uma nova fase da Anitta também. Acho que foi uma surpresa positiva para os dois. Eu posso dizer que, para mim, foi muito positivo.

Micael Borges e AnittaDivulgação