Famílias de vítimas contra hotel

Advogado que defende a família da massoterapeuta Maíra e da mãe dela Maria Hedcouk, que estavam no mesmo avião que transportava Teori Zavascki, vai entrar na Justiça contra o hotel Emiliano, em São Paulo

Por O Dia

Especialista em indenizações por causa de acidentes aéreos, o advogado
Eduardo Lemos Barbosa - que defende a família da massoterapeuta
Maíra e da mãe dela Maria Hedcouk - anunciou que vai entrar na Justiça
contra o hotel cinco estrelas Emiliano, em São Paulo. Elas estavam no
mesmo avião que transportava o ministro do Supremo Teori Zavascki e o
empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, que caiu em Paraty, em
janeiro. Barbosa garante que tem provas de que Maíra era funcionária do
hotel e estava no voo a pedido do empresário, dono do avião, para cuidar de
uma hérnia de disco. Ele lamenta que durante três meses a empresa tenha
se recusado a negociar com a família. Maíra deixou pai e irmã que moram
em uma pequena cidade do Mato Grosso. Barbosa ressalta ainda que Maria,
que fazia aniversário, foi no voo também a convite do empresário. Ele
sustenta que está mais do que comprovada a relação de trabalho. Segundo
o hotel, a massoterapeuta prestava serviços só para Carlos Alberto