Ordem vai investigar escritório

Ex-procurador contratado por sociedade é suspeito de ter ajudado delatores da JBS, os irmãos Joesley e Wesley Batista, quando estava no Ministério Público Federal

Por O Dia

Rio - Os sócios do escritório Trench Rossi Watanabe vão responder a processo disciplinar no Tribunal de Ética e Disciplina (TED) na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ). A entidade quer saber como a sociedade contratou o ex-procurador da República Marcelo Miller.

Ele é suspeito de ter ajudado delatores da JBS, os irmãos Joesley e Wesley Batista, quando estava no Ministério Público Federal. A OAB abriu procedimento contra a pessoa jurídica. Se forem comprovadas as irregularidades, a licença do escritório será cassada.