Justiça nega pedido do MP para transferência de Anthony Garotinho de Benfica

Magistrados sustentam que a decisão de transferência de presos é de responsabilidade da Secretaria de Administração Penitenciária

Por O Dia

Rio - Os juízes da Vara de Execuções Penais (VEP) do Tribunal de Justiça do Rio, Juliana Benevides de Barros Araujo e Guilherme Schilling Pollo Duarte, negaram pedido do Ministério Público estadual para que o ex-governador Anthony Garotinho fosse transferido da Cadeia Pública José Frederico Marques para outra unidade prisional. Os magistrados sustentam que a decisão de transferência de presos é de responsabilidade da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

O MP alegou que a medida visava à integridade física de Garotinho por causa do clima de tensão pela proximidade com o ex-governador Sérgio Cabral. Os magistrados entenderam que, por enquanto, não existem elementos que evidenciem situação de risco.

“Do exame dos autos, depreende-se que não existem elementos concretos que evidenciam qualquer situação de risco senão uma verificação in loco pela ilustre Promotora de Justiça de que existe um “clima de tensão” prevalecendo naquela unidade”, destacaram os magistrados na decisão.