Por gabriela.mattos

Rio - A Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) reprovou por 7 a 0 as contas de 2016 do Tribunal de Contas do Estado (TCE), no início da tarde desta terça-feira. Agora, a decisão final será submetida ao Plenário da Casa. Os deputados não aprovaram os gastos da mesma maneira como aconteceu em 2015.

O parecer do deputado Luiz Paulo Corrêa (PSDB) se baseou na confissão de Jonas Lopes, ex-presidente do TCE, de uso indevido dos recursos do fundo do tribunal. Ele alertou também que o órgão está com as despesas de pessoal no limite e que podem estourar nas contas referentes a 2017.

Em setembro, a Casa rejeitou, por unanimidade, as contas do TCE de 2015. 


Você pode gostar