Justiça decide transferir Rogério 157 para presídio federal

O prazo estabelecido na decisão da magistrada é que o traficante fique 360 dias fora do estado, por motivo de interesse da segurança pública

Por O Dia

Rio - A Justiça decidiu transferir o traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, para a penitenciária federal. O pedido foi feito pelo Ministério Público com base em relatório da Secretaria de Segurança. A decisão é da 20ª Vara Criminal. A data e o local, no entanto, ainda dependem do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, que administra as cadeias da União.

Segundo os documentos, Rogério 157 integraria a facção criminosa Comando Vermelho contra bandidos da Amigo dos Amigos (ADA), na Rocinha e no Vidigal. O MP ressalta ainda que, em 2010, o traficante invadiu o hotel Intercontinental em São Conrado com criminosos fortemente armados, que mantiveram 36 funcionários e hóspedes como reféns. 

Rogério 157 foi preso em 24 de agosto daquele ano, mas solto em 2012 — quando voltou a atuar no tráfico de drogas. As autoridades sustentaram ainda que o bandido quer enfraquecer a quadrilha ainda chefiada por Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, que está preso fora do Rio. 

A Secretaria de Administração Peninteciária (Seap) também ressaltou o grau de periculosidade de Rogério 157. O prazo estabelecido na decisão da 20ª Vara Criminal é que o traficante fique 360 dias fora do estado, por motivo de interesse da segurança pública.