VAMOS DE BIKE

Por O Dia

Estava aqui ouvindo 'Bicicleta', música de Paulo Sergio Vale que diz: "É tão legal pegar um monte de gente que a gente curta e num dia de sol... um monte de bicicleta e sair por ai... vamo nessa?! Bicicleta, bicicleta, bicicleta. Pedalando com você... numa Bicicleta'.

Daí, lembrei de Lucio Macedo, meu amigo e professor, especialmente quando o assunto é esporte, o ciclismo em especial. Ele defende o uso de bike e mais competições da modalidade no Rio. Tudo a ver. Vejam bem, as bikes já conquistaram de vez o Brasil. Cidades como São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e o nosso Rio, esse de forma total, aderiram ao uso da bicicleta. Como li em recente texto: "O Rio abraçou a causa: se alguns anos atrás havia um número tímido de corajosos ciclistas a desbravar ruas e montanhas, agora os cariocas mostram ao mundo um lifestyle todo particular".

O CLIMA E A PAISAGEM AJUDAM

Também, se tem um esporte no qual o clima e a paisagem ajudam, com certeza, o clima e a paisagem cariocas são os mais propícios do mundo para pedalar. Quem se atreve a duvidar? Passeamos, nos divertimos, amamos, trabalhamos e competimos com nossas bicicletas, dia e noite. Bikes nossas ou de aluguel, espalhadas pela cidade.

Além de eventos como Velocity, já confirmado, e tantos outros esportivos, o governo federal vai investir, financiar, através de Ministérios como os da Cultura, Esportes e Turismo, eventos do Rio públicos e privados como o Carnaval, Réveillon, Maratona, Abertura do Brasileirão, Rio Montreux Jazz Festival, Rock in Rio, e a Comic Con, que vem por aí ano que vem.

EVENTOS ATRAEM TURISTAS

Não pensem que é uma benesse. Os eventos cariocas atraem milhares de pessoas do Brasil e do mundo. E proporcionam aumento de empregos na cidade para nossos cidadãos, de arrecadação de impostos municipais, estaduais e federais.

RECUPERAÇÃO ECONÔMICA

Daí, o interesse: a recuperação econômica do Rio ajuda o país a se recuperar também e frases como 'a longo prazo estaremos todos mortos', como dito pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, citando uma frase do economista John Maynard Keynes, mostrando que se deve investir na cidade, e de Moreira Franco, Ministro da Secretaria Geral, afirmado que 'se o Rio tem pressa, o governo federal tem urgência' mostram e confirmam o que falamos aqui. #vemprorio